Arquivo do mês: março 2013

Perito palestra no I Congresso OAB/SP – ADPF – Fernando De Pinho Barreira

Perito Fernando De Pinho Barreira durante exposição no I Congresso Regional OAB/SP – Associação dos Delegados de Polícia Federal
20130330-153700.jpg

20130330-153720.jpg

Anúncios

Fernando De Pinho Barreira – Algumas Reflexões sobre os CyberAtaques

O recente ataque perpetuado na Internet, e sobre o qual manifestou-se o grupo europeu SpamHaus, me parece um momento oportuno para algumas reflexões:

Primeiramente, como já propugnamos há algum tempo, sobre a conveniência de – a exemplo do que se faz quanto às facções criminosas tradicionais – de não mais mencionar na mídia o nome dos grupos que realizam os ciberataques, tornando ineficaz a motivação de notoriedade.

Uma segunda reflexão seria a respeito da parte do pronunciamento do porta voz do grupo SpamHaus de que o ataque estaria sendo investigado pelas polícias de cinco países, mas que estas não se pronunciariam com receio de, por sua vez, passarem a ser alvo de ataques.

Fazendo-se a devida reserva de que o grupo talvez não seja o porta voz adequado das referidas polícias, mas aproveitando-se o argumento em tese, talvez seja o tempo de rever-se essa postura pública de hipo-suficiência da sociedade – e sobretudo das polícias (e à postura da polícia brasileira seguramente não há o que observar) – perante aos grupos de ciber-criminosos, uma vez que nós, sabemos que estes podem ser identificados, localizados e punidos.

Concluo com um terceiro argumento que resulta dos dois anteriores: faz-se mister uma quebra de paradigma sobre a segurança de sites e das redes e computadores privados conectados à Internet.

Nós, profissionais de segurança em telecomunicações, sabemos que é possível montar-se redes de segurança realmente sólidas utilizando-se, por exemplo, uma arquitetura de anéis concêntricos baseados em tecnologias diversas, exigindo-se expertise variado em caso de ataque.

Talvez seja o momento dos profissionais de ciber-segurança, investigadores e peritos terem uma postura mais assertiva em relação à efetividade e alcance de suas capacidades profissionais, encerrando esse estado de terror e insegurança face ao uso da Internet.

20130328-181959.jpg


Fernando De Pinho Barreira debatendo sobre o Panorama Atual do Direito Eletronico

Logo mais, as 9h30min, Fernando De Pinho Barreira debatendo “O Panorama Atual do Direito Eletrônico” na OAB/SP – Salão Nobre.

20130315-070704.jpg


Certificação Digital e Peticionamneto Eletrônico – nesta quarta-feira, na OAB/Santos – Palestra do Perito Fernando De Pinho Barreira

Certificação Digital e Peticionamneto Eletrônico – nesta quarta-feira, na OAB/Santos – Palestra do Perito Fernando De Pinho Barreira

20130312-103620.jpg


Perito Fernando De Pinho Barreira na Associaçāo Brasileira de Advocacia Tributária – ABAT

@FernandoDePB: Nesta quarta-feira, 10h – palestra do Perito Fernando De Pinho Barreira na Associaçāo Brasileira de Advocacia Tributária – ABAT – “Fraudes e Crimes Tributários Eletrônicos”.


Perito Fernando De Pinho Barreira palestrará em Bagé/RS

http://www.humanasempreendimentos.com.br/eventodetalhes.asp?id=50

20130310-212513.jpg


Fazendo o Download de Aplicativos com Segurança – com o Perito Fernando De Pinho Barreira

                   Ao atualizar o computador ou tablet (refiro-me aos tablets que não utilizam o ITunes), é bastante comum que se recorra aos grandes portais de download – como www.download.com, www.baixaki.com.br, www.superdownload.com e outros.
                   Esses portais têm a facilidade de reunir um grande índice de produtos, facilitando a busca por categorias de aplicativos, tipos de sistema operacional do equipamento,  modalidade da licença (paga, de teste, ou mesmo gratuita).
                   Ocorre porém que esses portais, além de serem remunerados pelos anunciantes, também o são pelos fabricantes dos produtos que são “sugeridos” para download em conjunto com o produto escolhido pelo usuário.
                   Explico-me: nas etapas que são necessárias para o download nesses sites, o usuário é estimulado a fazer o download de vários outros aplicativos em conjunto com o aplicativo desejado.
                   Não fora pela situação pouco confortável de baixar aplicativos desconhecidos e não desejados, muitos desses programas modificam a página inicial do seu navegador e as opções de busca na Internet. Consomem memória e oneram a performance do equipamento. Instalam barras de utilitários,  e muitos deles são programas de difícil exclusão.
                   Prefira sempre o download através do site do fabricante do produto.
20130228-120024.jpg